Exposição “The Finissage, por AnnaC” Na Galeria Municipal

Vai estar patente na Galeria Municipal de 4 a 16 de fevereiro, a exposição “The Finissage, por AnnaC” da autoria de Ana Correia.

Apresentada pela artista, a Finissage irá decorrer no dia 16 de fevereiro, quinta-feira, às 18h18m.

Sinopse 
«...a tua casa entre o céu e a terra «
As memórias e visões que evidenciam a ideia da celebração de um momento que formaliza o encontro entre todos os seres que figuram neste universo enquanto habitáculo.
Em The Finissage, AnnaC busca na recriação de suas ilustrações, os sentidos que as outras espécies assumem. AnnaC procura Neles a cultura que o «Homem» lhes mostrou.
Estes são os capítulos desta história, que ainda agora começou...


Sobre Si
(Ana é meu nome)
Natural de Moçambique vem para Portugal muito jovem com seus pais. Cedo revela a sua sensibilidade para com os elementos que a natureza nos oferece. Da amizade com a Mestra Pintora Maria Lucília Moita surge o gosto do desenho, da pintura como motor de entendimento das relações naturais entre tudo o que a rodeia. Neste período, meados da década de 80, forma/integra um grupo de defesa e proteção da vida selvagem: Amigos da Vida Selvagem, onde realiza atividades de sensibilização contra a poluição do Rio Alviela e proteção dos ecossistemas e dos animais.
Licencia-se em Arquitetura, aprofundando neste período o interesse por dois temas que mais tarde se cruzaram: a geometria das coisas e desenho no território na tentativa insaciável de entender e identificar relações entre seres e território, onde a arquitetura surge apenas o meio do Homem reproduzir as regras da natureza. A pintura/escultura acompanha-a também nesta procura, tendo obtido vários prémios e menções honrosas em concursos e salões de pintura.
Na área da arquitetura, vem desenvolvendo projetos como autora e coordenadora de projetos. Pós-graduada em direito do Ordenamento do Território, do Urbanismo e do Ambiente, inicia com a entrada no novo século, contactos com trabalhos e técnicas de construção em terra e em palha, orientando à posteriori trabalhos de divulgação e sensibilização da adoção destas técnicas, junto de camadas jovens e comunidade local. 
 As camadas jovens são, de facto, a sua grande paixão no trabalho na área da educação e formação de jovens, potenciadores de envolvimento em projetos extracurriculares onde a arte e criatividade movimentam a maior autoconfiança, autoconhecimento e autodomínio deste público.

A exposição poderá ser visitada de sábado a quinta-feira das 15h00 às 19h00.
O evento é organizado pela Câmara Municipal do Entroncamento, no âmbito do Projeto DEVIR 2017.

Sem comentários:

Enviar um comentário