Musealização do Castelo de Almourol altera horários e visitas ao monumento nacional


Terminado em finais de 2015 o processo de musealização do Castelo de Almourol, um ícone da arquitetura medieval portuguesa e marca da identidade nacional, o monumento nacional irá sofrer ajustes no seu horário de funcionamento a partir de 1 de março de 2016. O Castelo passará a estar aberto todos os dias de 1 de maio a 30 de setembro, encerrando à segunda-feira no período de 1 de outubro a 30 de abril.



Para assegurar a qualidade da visita e as condições de sustentabilidade do monumento, o acesso à torre de menagem será, a partir de agora, controlado e reservado a grupos até 15 e só após a sua saída da torre será autorizado novo ingresso na mesma.
Para promover a qualidade da visita ao Castelo, o espaço passará ainda a contar com uma equipa de 2 trabalhadores permanentes para a monitorização dos ingressos, segurança e apoio aos turistas.
O preço de entrada no Castelo será de 2,50€. 
Para os visitantes que pretendam efetuar a travessia de barco, com viagem de ida e volta à ilha a entrada será, também, de 2,50€ bem como para grupos a partir de 15 pessoas/pax para a travessia desde o Cais de El Rei, em Tancos, até ao monumento nacional. 

O projeto de musealização e interpretação do Castelo é constituído por três áreas - o percurso interpretativo, a torre do castelo e o centro de interpretação.
O percurso de interpretação e a torre do castelo apresentam painéis estáticos com conteúdos temáticos relacionados com o território, a história, as características, as lendas e com as diferentes fases, tipologias construtivas e funcionalidades da construção. Cada painel tem um código QR (Quick Response) que direciona os aparelhos móveis com leitor de códigos QR para a página de internet do município, onde os visitantes estrangeiros podem consultar os conteúdos em inglês.


Por sua vez, o Centro de Interpretação do Castelo de Almourol a funcionar no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, junto do Parque de Escultura Almourol implementado em 7 hectares de espaço verdejante, pretende funcionar como espaço de acolhimento aos visitantes, onde estes poderão visualizar um vídeo alusivo ao Castelo de Almourol, obter informações de caráter útil ou turístico e adquirir produtos locais e merchandising.
O Posto de Turismo de Vila Nova da Barquinha, que funciona no mesmo espaço do centro de interpretação, disponibiliza ainda visitas guiadas ao Castelo, ao Parque de Escultura Contemporânea e à Igreja Matriz da Atalaia, o outro monumento nacional do concelho.

Sem comentários:

Enviar um comentário